REDUÇÃO DE RISCOS NA CADEIA DE SUPRIMENTOS DE UMA INDÚSTRIA DE COMPRESSORES DE AR

Authors

  • Ilson Kanis Junior
  • Paulo Rogério Pires Leôncio de Oliveira
  • Rosilda do Rocio do Vale

DOI:

https://doi.org/10.55908/RGCV17N2-003

Keywords:

Supply Chain Management, QFD, PDCA

Abstract

O presente estudo tem como objetivo apresentar uma solução para reduzir os riscos da cadeia de suprimentos em uma indústria de compressores de ar, localizada no estado do Paraná. Os dados primários foram coletados por meio de uma pesquisa com os stakeholders do processo. Na sequência foi aplicado um questionário com vinte e oito questões divididas em cinco setores da corporação, sendo: comercial, estoque/logística, suprimentos, produção e administrativo, nas quais os colaboradores responderam de acordo com a empresa em estudo, foi aplicado de forma online e contou com a participação de 50 colaboradores. Posteriormente o mesmo questionário foi aplicado para os colaboradores avaliarem os concorrentes, este foi respondido somente pelos colaboradores que possuíam conhecimento sobre as rotinas dos concorrentes e da própria empresa estudada, a fim de visualizar as diferenças entre ambas e identificar pontos de melhoria na empresa em estudo. A análise dos dados obtidos foi com a utilização da ferramenta Quality Function Deployment - QFD para visualização da cadeia de suprimentos em geral. Das vinte e oito questões, foram priorizadas três questões, sendo as que apresentaram maior percentual e merecem solução de imediato, sendo as questões, Q1 que corresponde a 9,8% de toda a cadeia analisada, Q2 representa 9,7% e Q3 representa 9,4%. Na sequência com a utilização da ferramenta de qualidade PDCA foram apresentadas as soluções e acompanhamento do processo de melhoria para a redução de riscos. Identificou-se que a gestão pode ser alavancada com a visão de todos os stakeholders no uso do QFD e que os riscos podem ser minimizados em 30% se as ações apresentadas forem aplicadas.

References

BALES, R. R.; MAULL, R. S. & RADNOR, Z. O desenvolvimento do gerenciamento da cadeia de suprimentos no setor de manufatura aeroespacial. Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos: Um Jornal Internacional. Vol. 9, N. 3, 2004.

BALLOU, R. H. A evolução e o futuro da logística e do gerenciamento da cadeia de suprimentos. Revisão de Negócios Europeus. Vol. 19, N. 4, 2007.

BALLOU, R. H. Logística Empresarial: Transporte, Administração de Materiais e Distribuição Física. São Paulo: Atlas, 2012

BOWERSOX, Donald J. et al. Gestão logística da cadeia de suprimentos. 4. ed. Porto Alegre: AMGH, 2014.

CALARGE, F.A.; SATOLO, E.G.; PEREIRA, F.H.; DIAZ, E.C. Evaluation of Lean Production System by using SAE J4000 standard: Case study in Brazilian and Spanish automotive component manufacturing organizations. African Journal of Business Management, v.6, n.49, p.11839-11850, 2012. DOI: https://doi.org/10.5897/AJBM12.465

CHING, Hong Yuh. Gestão de estoques na cadeia de logística integrada: supply chain. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2010

CIERCO, Agliberto A. et al. Gestão da Qualidade. Rio de Janeiro, FGV, 2003

COOPER, M. C.; LAMBERT, D. M. & PAGH, J. D. Gestão da cadeia de suprimentos: mais do que um novo nome para a logística. O Jornal Internacional de Gestão de Logística Vol. 8, N. 1, 1997

CROOM, S.; ROMANO, P. & GIANNAKIS, M. Gestão da cadeia de suprimentos: uma estrutura analítica para revisão crítica da literatura. European Journal of Purchasing & Supply Management. Vol. 6, N. 1, 2000.

DUL, J.; NEUMANN, W. Ergonomics Contributions to Company Strategies. Applied Ergonomics, v.40, p.745- 752, 2009. DOI: https://doi.org/10.1016/j.apergo.2008.07.001

HOULIHAN, J. B. International supply chain management. International Journal of Physical Distribution & Materials Management, v. 15, n. 1, p. 22-38, 1985. DOI: https://doi.org/10.1108/eb014601

MARTINS, P. G; LAUGENI, F. P. Administração de produção. São Paulo: Editora Saraiva, 2002.

MENTZER, J. T.; DEWITT, W.; KEEBLER, J. S.; MIN, S.; NIX, N. W.; SMITH, C. D. & ZACHARIA, Z. G. Definindo o gerenciamento da cadeia de suprimentos. Revista de Logística Empresarial. Vol. 22, N. 2, 2001. DOI: https://doi.org/10.1002/j.2158-1592.2001.tb00001.x

MOREIRA, D. A. Administração da produção e operações. 5. ed. São Paulo: Pioneira, 2000.

NAZÁRIO, Paulo. O papel do transporte na estratégia Logística. In: FLEURY, Paulo Fernando; WANKE, Peter; FIGUEIREDO, Kleber Fossati. Logística empresarial: perspectiva brasileira. São Paulo: Atlas, 2010.

PAMFILIE, R.; PETCU, A; DRAGHICI, M. The importance of leadership in driving a strategic Lean Six Sigma management. Procedia Social and Behavioral Sciences, v.58, p.187-196, 2012. DOI: https://doi.org/10.1016/j.sbspro.2012.09.992

POIRIER, C. C.; REITER, S. E. Otimizando sua rede de negócios. São Paulo: Futura, 1997.

POZO, Hamilton. Administração de Recursos Materiais e Patrimoniais: Uma Abordagem Logística. São Paulo: Atlas, 2010

RITZMAN, L. P. KRAJEWSKI, L. J. Administração da produção e operações. 2º e. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2004.

TAN, K. C.; HANDFIELD, R. B. & KRAUSE, D. R. Melhorando o desempenho da empresa por meio da gestão da qualidade e da base de suprimentos: um estudo empírico. Jornal Internacional de Pesquisa de Produção. Vol. 21, N. 4, 1998.

YIN, R. Case study research: design and methods. Newbury Park: Sage, 1991. https://simpep.feb.unesp.br/anais/anais_13/artigos/677.pdf, acesso em 10/2022.

Published

2023-11-20

How to Cite

Kanis Junior, I., de Oliveira, P. R. P. L., & do Vale, R. do R. (2023). REDUÇÃO DE RISCOS NA CADEIA DE SUPRIMENTOS DE UMA INDÚSTRIA DE COMPRESSORES DE AR. Revista Gestão E Conhecimento, 17(2), 170–189. https://doi.org/10.55908/RGCV17N2-003

Issue

Section

Article